+351 21 924 98 51         itg@itg.pt      Sintra (sede)    Coimbra    Porto      Algarve      P. Delgada      Funchal

Plano de Contingência

O ITG colocou em curso um plano de funcionamento ajustado às circunstâncias extraordinárias em que o nosso País vive por consequência do COVID-19 .

Este plano de tem vindo a ser ajustado de acordo com as necessidades, dando privilégio ao teletrabalho, quando este é possível.

O ITG está a retomar de forma faseada a sua atividade normal de inspeções, recorrendo a todas as diretrizes da DGS, ACT  e DGEG para assegurar o menor risco possível tanto para os seus colaboradores como para os seus clientes. Todos os nossos colaboradores estão equipados com máscaras, luvas e viseiras, assim como dispõem de meios de desinfeção nas suas viaturas, o que permite a realização de inspeções a instalações de gás em segurança.

As ações de formação estão a ser asseguradas através de plataformas digitais. A entrega de projetos para análise pode ser realizada por correio ou por via digital (preferencial).

A abertura ao público das nossas instalações físicas está prevista para junho, recorrendo a barreiras de acrílico e à utilização dos restantes dispositivos de proteção.

Estamos disponíveis para a realização de reuniões via web, sempre que necessário.

Para mais informações consulte www.itg.pt .

Esta alteração de funcionamento poderá ser revista a todo o tempo, seguindo as orientações das autoridades responsáveis pela saúde pública em Portugal.

Agradecemos a vossa compreensão!

A Administração

 Plano de Contingência (COVID-19)

 

Tendo em conta o atual contexto de saúde pública associado à pandemia COVID-19 considera-se prudente que as inspeções de Gás sejam restringidas a situações prioritárias ou de urgência onde o abastecimento e/ou a reposição do abastecimento se perfilem como indispensáveis.

Enquanto entidades inspetoras de Gás, para além das indicações certamente dadas aos vossos colaboradores e parceiros para evitarem a proximidade física (nos termos da recomendação da DGS), garantirem a utilização de luvas e desinfetante com base alcoólica em todas as operações em ponto de consumo e a utilização de máscaras de proteção individual, é nosso entendimento que devem promover o tele trabalho para as atividades de back office, minimizando assim o potencial risco associado ao contacto com os clientes nas inspeções de redes de utilização de gás.

Aconselha-se que nenhuma inspeção seja agendada sem que um conjunto de questões seja respondido de modo satisfatório por parte dos Clientes, nomeadamente quanto ao seu estado de saúde e se está efetivamente disponível para receber o inspetor, tendo em conta o período que atravessamos.

Com o objetivo de reduzir a exposição dos colaboradores ao risco de contágio e de promover o apoio destes às suas famílias, e a título meramente orientativo:
· Ao tocarem à campainha, utilizando recurso alternativo ao dedo, devem começar por questionar o cliente ou alguém da habitação se está em isolamento/quarentena e se tem algum dos sintomas (febre, tosse e dificuldade em respirar), em caso afirmativo devem informar o cliente que não estão reunidas as condições para a execução da inspeção – a inspeção será anulada - com esta informação em “Observações”. Devem ainda informar, os clientes que devem ligar para a comercializadora e proceder à marcação de nova inspeção quando estiverem reunidas as condições de segurança;
· Antes de entrar em casa devem desinfetar sempre as mãos, usando gel;
· Explicar ao cliente que por reforço de segurança o mesmo não deve permanecer na cozinha durante a inspeção, se insistir em permanecer informar que terá de manter a distancia de segurança recomendada pela DGS;
· A mesma distância deve ser respeitada pelo representante da distribuidora de gás;
· Se possível devem realizar o ensaio de CO sozinhos na cozinha;
· Não devem fornecer caneta ao cliente para assinar o relatório;
· Os relatórios depois de assinados pelo cliente devem ser colocados numa pasta à parte que sirva unicamente para este efeito;
· Terminada a inspeção devem desinfetar as mãos.
· Sensibilizar os colaboradores para as medidas individuais de proteção difundidas pela DGS.

Apelamos à compreensão de todos por forma a reduzir o risco de contaminação e/ou de disrupção nas V/atividades normais ao longo das próximas semanas.

  

Acreditações

  IPAC18

 dgert png